O apresentador Geraldo Luís teve relato devastador exposto com m0rte, sofrimento, choro e perda de movimentos: “M0rrendo”

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 05/04/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Geraldo Luís do Sacramento (Limeira, 13 de maio de 1971) é um jornalista, apresentador e radialista brasileiro.

É formado em jornalismo pela Universidade Metodista de Piracicaba. Geraldo tornou-se conhecido por apresentar na RecordTV o telejornal Balanço Geral, com o bordão "Balança".

O apresentador Geraldo Luís ainda luta com as sequelas por ter contraído Covid19 e tem utilizado as redes sociais para fazer desabafos chocantes e emocionantes.

Isso mesmo, o apresentador do A Noite é Nossa, que segue afastado do programa dele, por ainda não ter se recuperado completamente, não tem deixado de fazer alertas.

Para quem não sabe, Geraldo Luís chegou a ter 70% do pulmão comprometido e viu a m0rte de perto ao passar longos dias internado.

Como se não bastasse, o apresentador da Record, chegou a relatar momentos de terr0r na luta contra a doença em que não conseguia respirar.

Agora, por meio do Instagram, o animador, publicou uma foto chocante de um telefone pendurado seguida de uma legenda profunda que serve como alerta.

“Assim estamos…andando e sem respostas. Somos tocados por notícias de gente indo, gente m0rrendo já de saudades. Telefones mudos, alguns nunca mais serão atendidos nem poderemos ligar. Vimos brigas políticas, e um país m0rendo de gente, m0rrendo de medo. O mundo tomado por um vírus que invade o corpo de uma forma cruel. Já nos sentíamos sós, agora…qual tipo de solidão te assusta ? Pois bem lembra-se que a UTIs e quartos com gente ( aos que não estão entubados ) estão lotados de solitários”, começou dizendo Geraldo Luís, que continuou:

“Apenas eles e seu pensamento. A COVID é a doença mais covarde dos últimos tempos, ela causa perda e enfraquecimento de sentimentos. Seja útil nesse momento, ORE faça prece não importa tua religião, importa DEUS. O mundo ainda não despertou para esse “ chamado “ de amor, mudança de hábito e humildade perante ao Universo. Tomamos um cartada quase que final. Que sejamos contaminados pela dor do outro. Ou ainda estaremos no jardim de infância da Vida. E ela cobra…”, afirmou Geraldo Luís.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar