Triste situação: Na fila da UTI no Hospital Regional de Ceilândia, um paciente com a Covid pede socorro aos prantos em vídeo: “Eu tenho medo, Não quero m0rrer!”

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 17/03/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

COVID-19 é uma doença infeciosa causada pelo coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2. Os casos mais graves podem evoluir para pneumonia grave com insuficiência respiratória grave, septicémia, falência de vários órgãos e m0rte.

Entre os sinais de agravamento da doença estão a falta de ar, dor ou pressão no peito, dedos de tom azul ou perturbações na fala e no movimento.

Em vídeo que está circulando pelas redes sociais, um paciente com a c0vid que está internado no Hospital Regional de Ceilândia pede socorro aos prantos.

O pedido de Fábio Gomes, de 38 anos de idade, revelam o medo do brigadista de não conseguir uma vaga na UTI. Assim como em diversos outros lugares, a situação no hospital é de superlotação.

Ele gravou este vídeo no sábado(13). Já no domingo(14), uma liminar da justiça exigia uma vaga na UTI, entretanto, na noite de ontem(15) ele ainda aguardava na fila por uma vaga.

De acordo com informações, há pelo menos 200 pessoas aguardando um leito de UTI no Distrito Federal. Fábio estava respirando com a ajuda de uma máscara de oxigênio.

Esta triste situação está sendo presenciada em todo o Brasil, UTI’s lotadas e pacientes esperando na fila.

A esposa de Fábio, Janaína Gomes, afirma que o marido está “em estado grave” e que a família tem esperança em sua recuperação.“A gente está na esperança de que apareça logo um leito de UTI pra ele porque ele está precisando muito”

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar