Homem se comove com situação, perdoa motorista que bateu em seu carro e lhe dá um emprego

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 23/06/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Ajudar ao próximo nos torna mais felizes e saudáveis. Estudos científicos mostram que ajudar os outros impulsiona a felicidade. Um sorriso, uma palavra de carinho, algo que possa contribuir para a felicidade do outro. Isso também faria você feliz.

Aumenta os níveis de satisfação, proporciona senso de sentido, aumenta nossa sensação de competência, melhora nosso humor e reduz o estresse.

Um caso comovente de solidariedade aconteceu no Recife. O comerciante José Wanes estava em seu carro quando um outro motorista bateu em seu veículo, gerando um dano leve na lataria.

O outro motorista, Marcônio, desceu do seu carro para ver o estrago decorrente da batida e começou a pedir desculpas para José. O homem começou a desabafar, contando seus problemas financeiros e começou a chorar.

Ele é violinista e ganha a vida trabalhando em eventos, casamentos e restaurantes, mas devido à pandemia, estava sem trabalho e passando por dificuldades.

José disse que Marcônio não precisava se preocupar e que assumiria o dano no seu carro. Marcônio ficou muito comovido com a bondade de José e chorou.

O comerciante gravou um vídeo sobe o caso e divulgou na internet. Logo o caso repercutiu na imprensa local e nas redes sociais e muita gente ficou feliz com a atitude de José, mas ainda não tinha ocorrido o final feliz dessa história.

Dias depois, José contratou Marcônio para tocar em sua loja no dia dos namorados e ainda divulgou seu perfil no Instagram para que interessados possam contratá-lo futuramente.

O caso ganhou repercussão, virou notícia e Marcônio já tem mais de 20 mil seguidores na rede social, que além de contatá-lo para trabalhar, ainda podem acompanhar o trabalho do músico.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar