Por que Tarcísio foi intubado mesmo após duas doses de vacina? Médico explica e e faz alerta: “Não acabou”

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 11/08/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Cerca de 80% das infeções pelo SARS-CoV-2 confirmadas têm sintomas ligeiros de COVID-19 ou são assintomáticos, e a maioria recupera sem sequelas.

No entanto, 15% das infeções resultam em COVID-19 severa com necessidade de oxigénio e 5% são infeções muito graves que necessitam de ventilação assistida em ambiente hospitalar.

Os casos mais graves podem evoluir para pneumonia grave com insuficiência respiratória grave, septicémia, falência de vários órgãos e m0rte.

A internação após contrair o novo coronavírus de Tarcísio Meira e Glória Menezes, depois que eles foram hospitalizados no Albert Einstein em São Paulo na última sexta feira.

Com 85 anos, todos se questionaram sobre o por que de Tarcísio Meira está tendo os sintomas mais graves da doença mesmo após ter tomado as duas doses da vacina. Ele segue internado e alguns especialistas apontam as causas pela a qual ele adquiriu esses sintomas.

A vacinação contra o novo coronavírus vírus, não protege 100% das pessoas que estão com a imunização completa.

E esse caso dos atores tem haver também com a idade avançada que tem mais facilidade do vírus atingir o pulmão mesmo depois de tomar a vacina.

Isso porque quando a gente vai chegando a uma idade mais avançada, é natural que o nosso organismo acabe envelhendo também.

Essa é uma das explicações sobre os sintomas mais graves que o ator está sentindo. Precisando esta intubado logo após ter chegado a unidade hospitalar.

“O Tarcísio Meira é uma estatística nesse momento. Além disso, há a questão das variantes, que não sei se ele foi diagnosticado com alguma. Mas, eventualmente, algumas vacinas têm a eficácia menor contra as mutações, então se a cobertura já não era 100%, as variantes podem conferir maior gravidade e ou maior infectividade” revelou o médico.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário