INSS 2021: Salário mínimo e reajuste da aposentadoria de quem ganha acima do mínimo deve ser de 5%

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 13/01/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Instituto Nacional do Seguro Social(INSS) é uma autarquia do Governo do Brasil vinculada ao Ministério da Economia que recebe as contribuições para a manutenção do Regime Geral da Previdência Social.

Responsável pelo pagamento de aposentadorias, salário-maternidade, pensão por m0rte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão e outros benefícios, pertencentes ao núcleo das Atividades Exclusivas de Estado, para aqueles que adquirirem o direito a estes benefícios segundo o previsto pela lei.

O INSS trabalha junto à Dataprev, empresa de tecnologia que faz o processamento de todos os dados da Previdência.

Com uma boa acelerada no final do ano, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) fechou 2020 acima do previsto.

O indicador de inflação é calculado pelo IBGE considerando o orçamento de famílias de renda entre um e cinco salários mínimos por mês. 

É muito usado nas negociações das categorias de trabalhadores. Mas, antes disso, ele é o parâmetro para o aumento anual do salário mínimo e também das aposentadorias e demais benefícios do INSS em 2021.

Só que o INPC fechou 2020 em 5,45%. Com isso, ficou acima do reajuste de 5,26% anunciado pelo governo federal, após já ter sido feita uma revisão. 

O valor de 2021 ficou em R$ 1.100, quando terá que ser de R$ 1.101,36. É provável, então, que o presidente Jair Bolsonaro publique nova medida aumentando novamente o reajuste.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário