Aos 91 anos e longe da TV, Lima Duarte deixa recado emocionante: ‘Minha vida já está acabando’

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 08/07/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Lima Duarte, nome artístico de Ariclenes Venâncio Martins (Sacramento, 29 de março de 1930), é um ator, diretor de telenovela, radialista, dublador e apresentador brasileiro.

Além de pioneiro da televisão, estando presente no momento de sua inauguração, é considerado um dos mais importantes atores do Brasil, tornando-se famoso através de vários papéis memoráveis ao longo da história da telenovela brasileira.

O ator Lima Duarte iniciou a segunda-feira (29) em tom de comemoração. O renomado artista está completando mais um ano de vida, atingindo a incrível marca dos 91 anos.

Com o bom humor de sempre, posou para fotos segurando uma taça de champanhe, brindando com os seus amigos, familiares e fãs por esse momento tão especial.

Na legenda da publicação, o ator deixou uma mensagem em tom de reflexão.

Lima Duarte demonstra alegria por tudo que construiu ao longo de sua brilhante carreira, tendo certeza que o seu legado permanecerá na memória dos brasileiros mesmo quando não se fizer presente após a sua partida.

“Hoje eu brindo os meus 91 anos muito bem vividos! Foram tantos momentos, histórias e personagens que moldaram o que eu sou. Thomas Mann diz que vivemos duas vidas”, iniciou o artista na legenda, comemorando por tudo o que alcançou ao longo destes vitoriosos 91 anos.

“Com 91 anos a minha vida já está acabando, mas a memória vai persistir! Hoje eu comemoro com esse brinde à mim, à vocês e à vida!”, concluiu Lima Duarte, convidando todos os fãs, mesmo à distância, para brindarem esse momento especial ao seu lado.

Por conta de sua faixa-etária, Lima Duarte já tomou as duas vacinas contra a Covid-19.

Com o seu ato de se submeter à vacinação, serviu de exemplo e motivação para que todos os brasileiros também o façam, tendo em vista que só a partir de uma imunização em massa da sociedade conseguiremos frear o avanço da pandemia e reduzir o trágico número de mortes diárias registradas no Brasil, batendo sucessivos recordes.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar