Mulher m0rre ao realizar o sonho que muitas mulheres têm; família a viu m0rrendo

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 05/07/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

O que Deus quiser para minha vida, eu quero. O que ele escolher para mim, eu irei viver e enfrentar sem medo porque eu sei que Ele está comigo e nada preciso temer. 

As escolhas Dele para a minha vida serão melhores do as que eu farei e é por isso que eu confio tanto Nele, porque sei que sem Ele não haveria felicidade na minha vida.

Uma mulher m0rre por fazer o que muitas pessoas gostam de fazer.

No entanto, nunca há muita preocupação. Muitas pessoas sabem que a grande maioria das mulheres não gosta de certos aspectos do corpo ou do rosto e deseja mudar essas características.

Com o surgimento da intervenção estética, isso se torna possível. No entanto, esses procedimentos são delicados e requerem atenção especial, não devendo ser realizados por profissionais de fora da área ou por clínicas não legalizadas.

Claudia Barbosa Duarte, 49, foi uma das vítimas fatais da cirurgia estética em nosso país. Foi operada no Hospital Clínica Centro Cirúrgico Integrado, na comunidade de funcionários da região centro-sul de Belo Horizonte, Minas Gerais.

“Minha irmã costumava dizer que havia algo queimando em sua barriga, como pimenta. Ela até derramou água por todo o corpo porque fazia seu corpo queimar muito e ela sentia falta de ar”, disse a irmã de Claudia. Teve sintomas.

Claudia espera fazer cirurgia plástica abdominal e lipoaspiração para melhorar sua autoestima. E depois de estudar muito, ele tomou uma decisão.

Está comprovado que o cirurgião responsável pela operação está capacitado para lidar com esta situação. Lourdes, irmã de Claudia, não precisou de assistência médica após a operação.

A família ainda testemunhou sua m0rte. As autoridades continuam investigando o caso para determinar a causa da m0rte de Claudia.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar