VAZA ÚLTIMA conversa de Paulo Gustavo com Tatá Werneck antes dele ser INTUBADO: "Paulo me ligou"; veja o vídeo

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 06/05/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

“A situação do Paulo é muito grave. Mas ele está vivo. Parem. Parem de querer ganhar likes em cima dele. Nesse momento ele está vivo. Deixem o Paulo em paz. Deixem meu amigo em paz!”, desabafou a atriz. O humorista segue internado na UTI com Covid-19.

Tatá Werneck fez um desabafo nas redes sociais, nesta terça-feira (4), após boatos na internet de que Paulo Gustavo tinha m0rrido de complicações de Covid-19.

O ator e humorista que arrancou muitos sorrisos dos rostos do brasileiros, deixou aqui no Brasil, um legado simbólico, que não importa o seu gênero, a família que você vive, você pode vencer na vida.

Mas, infelizmente, sua carreira chegou ao fim nesta terça-feira, 4, em decorrência da Covid-19. 

Ao longo da internação, Paulo Gustavo chegou a conversar com amigos, parentes e revelar como tem sido a vida dentro do hospital e o caos que as unidades estão enfrentando.

Durante um live, a atriz Tatá Werneck, amiga próxima do humorista, contou sobre uma conversa que teve com ele antes da intubação e deixou os seguidores de coração partido.

Segundo a atriz, Paulo Gustavo ligou para ela de dentro do Hospital e contou que onde ele estava, a maioria dos casos são de jovens. 

VAZA ÚLTIMA conversa de Paulo Gustavo com Tatá Werneck:

“Paulo me ligou e falou: ‘ Tatá, só tem jovem aqui. Só tem gente jovem. Só tem gente de 20,30,40 anos”, disse.

“Falar que [a doença] era perigosa para os mais velhos não foi o suficiente para as pessoas terem empatia com a vida dos outros. Agora tá começando a atingir os jovens, porque muitos não ficam em casa”, completou.

Desde o dia 13 de março, Paulo Gustavo estava internado no Hospital Copa Star, no Rio, uma hora apresentava melhora, outrora o quadro se agrava.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar