Após coma, menino deixa a mãe aterrorizada ao dizer que conheceu a irmã abortada

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 11/06/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Como o nome mesmo já sugere, “Tudo na Vida Passa” é uma história de amor que traz reflexão sobre a brevidade das coisas da vida. ... 

Tudo que se passa no onde vivemos é em nós que se passa. Tudo que cessa no que vemos é em nós que cessa. Tudo quanto vive, vive porque muda; muda porque passa; e, porque passa, m0rre.

Os cristãos acreditam que existe vida após a m0rte, enquanto outras pessoas dizem que depois de m0rrermos não há mais nada. Mas esse menino teve uma experiência quase m0rtal e chocou todo o mundo com suas declarações.

Aos 4 anos, Colton Burpo teve uma apendicite aguda e precisou passar por uma cirurgia de emergência.

A operação era de considerada de risco muito elevado, e o menino ficou entre a vida e a m0rte. Quando acordou, ele revelou uma chocante verdade.

Colton teve uma experiência quase-m0rte, e foi para o Paraíso, conhecendo vários familiares m0rt0s.

Falou de Jesus

Inicialmente, ninguém acreditou no que ele dizia, mas quando ele começou a contar histórias dos parentes falecidos os pais ficaram impressionados.

Ele sabia de coisas que pouca gente tinha conhecimento, como as brincadeiras que o pai tinha com o avô, ou da existência da irmã que nunca chegou a nascer, devido a complicações na gravidez.

“Eu mesmo duvidei de minha própria fé”, disse o pai do menino. A criança falou também em Jesus, dizendo que Ele tinha “marcas no corpo”, e que o mandou de volta para a terra, devido às preces do seu pai.

O relato do menino é sem dúvida surpreendente.

Esta experiência foi vivida por uma família cristã. Apesar de não serem católicos, vale a pena refletir sobre o que este garotinho viveu. E agradecer a Deus por se manifestar a quem o busca com fé e sinceridade.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar