Pai de Henry Borel canta a última música do filho e Monique precisa ser consolada aos prantos; Vídeo

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 08/10/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Eu te desejo toda a sorte do mundo, porque você merece. Hoje posso afirmar com toda a certeza que não existe nada maior, melhor e mais verdadeiro que o amor de um pai para um filho, pois te amo incondicionalmente. 

Posso não ter muito para te dar, mas a maior herança que eu posso te deixar é o meu caráter. Expressão para designar aquele amor que só uma mãe consegue sentir pelo(s) filho(s).

O primeiro dia de audiência sobre o caso Henry Borel tem trazido novos episódios ao caso. 

Nesta quarta-feira (6), a m0rte do menino voltou a ser notícia em todo o país, pois começou uma série de audiências que visa esclarecer tudo o que aconteceu e descobrir quem foi ou foram os culpados pela m0rte da criança.

Durante o depoimento, marcado por polêmicas, os pais do menino Henry choraram juntos na audiência. Leniel Borel levou a ex-companheira às lágrimas ao relatar quais foram os últimos momentos do filho.

O homem disse que quando foi colocar o filho para dormir, poucos dias antes de ele m0rrer, o menino cantou uma música católica para ele.

 “Mãezinha do céu, eu não sei rezar / Quero dizer que quero te amar / Azul é seu manto, branco é seu véu / Mãezinha, eu quero te ver lá no céu”, dizia o trecho cantado por Leniel.

Enquanto cantava, ele se emocionou muito, assim como Monique que foi aos prantos e precisou ser consolada por seu advogado, Hugo Novais. Ela precisou de um lenço para se recompor.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar