Bolsonaro cogita desistir da eleição de 2022 se não tiver voto impresso

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 20/07/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Jair Messias Bolsonaro é um capitão reformado, político e atual presidente do Brasil. Foi deputado federal por sete mandatos entre 1991 e 2018, sendo eleito através de diferentes partidos ao longo de sua carreira.

Atualmente sem partido, elegeu-se à presidência do Brasil pelo Partido Social Liberal (PSL), ao qual foi filiado até novembro de 2019. 

Caso não seja aprovada no Congresso, para as eleições a impressão dos votos das urnas eletrônicas, o presidente Jair Messias Bolsonaro deu a entender nesta segunda feira, dia 19, que não concorrerá as eleições do ano de 2022.

Segundo o presidente, os votos das urnas eletrônicas serão auditados dentro do TSE, que segundo ele, de forma secreta, pelas mesmas pessoas que liberaram Lula, ex presidente, e também o tornaram elegível novamente.

Segundo o STE, as fases das cotações podem ser acompanhadas por integrantes de partidos políticos diversos do país, o voto impresso já teria retornado no ano de 2002, porém, por conta das diversas falhas apresentadas, acabou sendo descartado novamente.

O presidente em outro momento já teria dito que caso não houvesse voto impresso, poderiam não haver as eleições em 2022, e também acusou o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, de interferir para barrar o voto impresso no Congresso.

Nesta última quarta-feira, 16, o presidente Jair Bolsonaro foi internado. Logo após estar incomodado com dores no abdômen, soluços e insônia.

Todo o quadro foi avaliado e encaminhado para o Hospital das Forças Armadas. E então, neste último domingo, 18, família é chamada ao Hospital e médicos revelam ‘acabou’.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar