Papa convidou transsexuais para receberem vacina contra covid-19 no vaticano

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 04/07/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Papa , também chamado de Santo Padre, é o Bispo de Roma, e como tal, é o líder mundial da Igreja Católica Apostólica Romana. O atual sumo pontífice é o Papa Francisco, eleito no conclave que terminou em 13 de março de 2013.

O Papa é eleito pelo Colégio dos Cardeais e seu posto é vitalício. Seu cargo eclesiástico é chamado de Papado e sua sede de "Santa Sé". Também é o Chefe de Estado da Cidade do Vaticano, uma cidade-estado soberana enclavada por Roma. 

Antes da páscoa deste ano, o Papa Francisco convidou um grupo de pessoas trans para se vacinarem contra acovid-19 no vaticano.

A atitude não foi divulgada antes, mas acabou sendo confirmada pelo vaticano depois de ser publicada na imprensa comum.

O cardeal Konrad Krajewski, responsável pelo setor da prática de caridade do vaticano, um grupo de 50 pessoas chegou ao vaticano.

O grupo vinha de uma área onde o reverendo Andrea Conocchia realiza há anos um trabalho com pessoas transsexuais.

O grupo havia visitado o vaticano nas vésperas do dia 3 e, já no dia 24 de abril, voltaram. Ao voltar, o grupo afirmou que havia sido convidado para receber a vacina.

Diante disso, autoridades foram procurar o Papa para confirmar a informação.

Segundo o ativista chileno Juan Carlos Cruz, que estava presente na hora, o padre respondeu de forma afirmativa. “Sim, absolutamente! Vacine-os!“, teria afirmado o padre.

O grupo foi orientado a receber a vacina e o padre ainda teria demostrado mais uma vez sua sensibilidade.

Cruz afirma ainda que o Papa orientou a todos que era “para perguntarem seus nomes, perguntarem do que eles precisavam, mas que não perguntassem sobre seu sex0”.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar