Luto: Acaba de m0rrer nossa querida Jornalista Ana Paula, aos 30 anos de idade, amigos e familiaresem lamentam "Descanse em Paz"

 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Leucemia é um grupo de cancros que surgem geralmente na medula óssea e causam um número elevado de glóbulos brancos anormais. Estes glóbulos brancos não estão totalmente desenvolvidos e são denominados células leucémicas.

Os sintomas incluem hemorragias e contusões, fadiga, febre e aumento do risco de infeções, e podem ocorrer devido à ausência de células sanguíneas normais. O diagnóstico é geralmente feito através de análises ao sangue ou biópsia da medula óssea.

Ela estava internada no Hospital Santa Casa de Porto Alegre, onde passou os últimos dias sendo tratada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

M0rreu próximo ao meio dia desta segunda-feira (23), a Jornalista Ana Paula Veiga, 30 anos. 

Graduada em Jornalismo pela Universidade Federal do Pampa (Unipampa), campus de São Borja, Ana Veiga teve passagem por empresas de comunicação de Ijuí, antes de se transferir para a cidade de Ivoti, onde recentemente trabalhava.

Teve a sua trajetória na profissão marcada pela paixão ao esporte e pela competência ao reportar uma notícia, e não escondia o seu amor pelo Esporte Clube São Luiz e pelo Internacional.

Ana Veiga travou uma verdadeira batalha contra uma Leucemia. Campanhas para doação de sangue foram feitas em todo o estado, inclusive com a participação de celebridades do futebol e do jornalismo. 

Usando sempre camisetas com frases inspiradoras, Ana Veiga nunca escondeu o sorriso e sempre se mostrava firme na luta contra a doença.

Há cerca de 15 dias, ainda internada no Hospital da Capital, Ana contraiu a Covid-19. A partir daí, a força que a deixava em pé sucumbiu. 

Ela precisou ser levada a UTI, foi entubada, até falecer nesta segunda-feira(23). Ana deixa seus pais e seu irmão e uma legião de amigos que jamais irão esquece-la. 

Sintomas comuns de leucemia

As manifestações clínicas da leucemia são secundárias à proliferação excessiva de células imaturas (blásticas) na medula óssea, que infiltram os tecidos do organismo, tais como: amígdalas, linfonodos (ínguas), pele, baço, rins, sistema nervoso central (SNC) e outros. 

A proliferação rápida das células leucêmicas faz com que estas vão ocupando cada vez mais a medula óssea, não deixando mais as células normais (hemácias, leucócitos e plaquetas) se reproduzirem normalmente e saírem da medula óssea, causando sintomas diferentes a cada tipo da doença.

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

 
No final

Com o propósito de "Verdadeiro e Transcendência", este site fornece o conteúdo e as informações mais úteis para todos os usuários do site, e as notícias mais recentes, os relatórios mais oportunos e os dados mais autênticos também podem ser encontrados naqui.

Individualidade e Qualidade são as conotações do site:

Qualidade significa fornecer aos usuários do site um alto padrão de conteúdo com alta qualidade e alta eficiência.

Individualidade, ou seja, inovação que acompanha o tempo e uma visão única para criar um site único.

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

Comentário do usuário