Auxílio Emergencial: o número de parcelas e o novo valor já estariam definidos, veja

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 13/02/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

O auxílio emergencial (também Caixa Auxílio Emergencial ou coronavoucher) foi um benefício instituído no Brasil pela Lei de nº 13.982/2020, que previu o repasse de 600 reais mensais (inicialmente por três meses) a trabalhadores informais e de baixa renda, microempreendedores individuais e também contribuintes individuais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O objetivo do auxílio foi mitigar os impactos econômicos causados pela pandemia de COVID-19.

O governo federal e lideranças do Congresso deram mais um passo para iniciar o pagamento do auxílio emergencial. Segundo informações do portal ‘UOL’, as negociações avançaram e o número de parcelas e o novo valor já estariam definidos.

O início do pagamento deve começar já no próximo mês de março, serão quatro parcelas, com o fim programado para o mês de junho.

Para que o a nova prorrogação do auxilio emergencial entrem em vigor, será necessário a criação de uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional), evocando o ‘Orçamento de Guerra’, assim como foi feito no ano de 2020.

Ou seja, na prática o Orçamento de Guerra é o atalho encontrado pelo governo para ampliar gastos para o combate à pandemia da Covid-19, sem ter que dar muitas ‘explicações’ e livre da burocracia das regras fiscais.

Cada parcela da nova prorrogação do auxílio emergencial será de R$ 250,00.

O ministro da economia Paulo Guedes já deixou claro que diante da liberação de mais quatro parcelas do benefício, ele espera por cortes de despesas e renúncias fiscais que estão programadas para acontecer em duas etapas.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar