Thais Fersoza, após desfecho no casamento, sofre proibição com os filhos

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 28/05/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Na vida pessoal, Thaís Fersoza namorou o ator Bruno Gagliasso. E se casou com o ator Joaquim Lopes. Mas o casamento durou pouco. 

Thaís e Joaquim Lopes terminaram o casamento logo após a lua-de-mel, e pouco tempo depois o ex Joaquim Lopes já estava namorando a atriz Paola Oliveira.

Thais Fersoza, a esposa de Michel Teló, usou sua conta para reclamar de uma proibição do Instagram, nesta quinta-feira, dia 27.

Ela compartilhou uma foto dos filhos para mostrar a mudança deles comparados aos anos anteriores, mas a publicação foi removida da plataforma.

“Se antes eu tinha dúvida de que tinha algo errado com meu perfil, agora eu tenho certeza. É sério isso?”, escreveu a atriz, que fez questão refazer a postagem. “Não some com minha foto de novo, hein?! É só amor de mãe. Me ajude!”, escreveu.

Em seguida, a beldade se derreteu por Melinda e Theodoro, de 4 e 3 anos, respectivamente.

“Olha como eles mudaram! Impressionante como nessa fase eles mudam muito e rápido, né?! Dois loirinhos… eram ainda mais parecidos com o papai”, acrescentou a musa.

O cantor, em meio aos boatos de que estaria passando por um momento difícil na relação amorosa, desabafou e expôs a vida pessoal. Ele ressaltou que, assim como qualquer casal, os dois também se desentendem, mas nada que fuja do normal.

“As brigas são totalmente naturais. Tem as dificuldades, os momentos difíceis do casal. Eu venho com a minha bagagem, com meu jeito de ser, com o que aprendi com meus pais”, disse o artista em conversa com o jornal Extra.

“Thais tem sua personalidade. Nossos filhos são iguais a todos os outros também. O importante é a gente escolher todo dia querer estar junto. Ainda mais nesse tempo de pandemia, em que estamos dentro de casa”, completou o sertanejo.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar