Mulher que mandava mensagens pro celular do pai que m0rreu há 4 anos recebe resposta de homem que perdeu a filha

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 28/06/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

O amor que existe entre um pai e uma filha é gigante. Ele sente que deve protegê-la, ouvi-la e respeitá-la, enquanto ela reconhece que deve ajudá-lo, cuidar dele durante a velhice e atualizar os pensamentos que ele aprendeu quando os tempos eram outros.

Ver você crescer, ser uma menina exemplar e inteligente me dá muito orgulho. Sou uma mamãe privilegiada por ter trazido ao mundo alguém assim.

Uma mulher perdeu o seu pai há 4 anos, e pra lidar com isso, começou a mandar mensagens pro celular do pai cotidianamente.

Acabou virando uma terapia, e as mensagens enviadas pro falecido pai contavam como foi o dia, as principais novidades, e diziam que ela a amava muito.

Isso se tornou um hábito, que durou 4 anos. Ela enviava mensagens de texto (SMS), e não se importou em saber se outra pessoa havia adquirido o número depois de tanto tempo.

Mas na última quinta-feira, quando Chastity Patterson, de 23 anos, mandou mais uma mensagem pro antigo número do pai, registrado como "Daddy", e teve uma surpresa.

Faltando um dia pra completar o aniversário de 4 anos da m0rte do pai, ela recebeu uma resposta depois de enviar a última mensagem.

A mensagem dela dizia: "Oi, pai, sou eu! Amanhã vai ser um dia difícil", não esperando uma resposta, mas recebeu uma.

A mensagem dela na íntegra: 

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar