Mulher escapa de desabamento no RJ, mas precisa ser amparada no enterro de filho e neta

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 07/06/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Amor de família é a coisa mais inexplicável do mundo. Nem um pai consegue dizer para um filho o quanto o ama, nem o filho sabe dizer ao pai, então eles simplesmente demonstram...

Se não era amor, era da mesma família. Pois sobrou o que sobra dos corações abandonados. A carência. A saudade. A mágoa.

Um quase desespero, uma espécie de avião em queda que a gente sabe que vai se estabilizar, só não se sabe se vai ser antes ou depois de se chocar contra o solo.

Na quinta-feira, 3, um prédio desabou no Rio de Janeiro e deixou várias vítimas.

Nesse sentido, a tragédia aconteceu na comunidade rio das pedras, na cidade do Rio de Janeiro, quando a estrutura de um prédio desabou e logo após iniciou-se um incêndio.

De acordo com as testemunhas, antes da estrutura desmoronar escutaram alguns estragos e logo após barulho de explosão. Ainda assim, relataram que o desabamento aconteceu por volta das 3h00 da manhã.

Contudo, só as 10 da manhã encontraram a primeira vítima fatal, uma bebê Maitê Gomes, de 2 anos de idade que não teve a identidade divulgada, a crianaça já saiu dos escombros sem sinais vitais.

Ainda assim, o prédio foi construído pelo pai de Natan, sua mãe e irmã também moravam no mesmo local.

A senhora só conseguiu escapar pois estava trabalhando.Durante entrevistas, os vizinhos relataram que o prédio aparentava há um tempo que iria cair.

Nataniela de Souza Gomes, 28, e Antônia Tatiana Conrado de Souza, 38, além do noivo de Antônia, Jonas Rodrigues de Souza, 29, irmãs de Natan também estavam no local na hora do desabamento, mas em meio aos escombros foram socorridas e já receberam alta.

A mãe de Natan e avó de Maitê não conseguiu acompanhar todo o cortejo do velório. Devido estar muito abalada, precisou que lhe amparassem durante o sepultamento.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar