Bebê consegue vencer o câncer e tocar o sino da vida

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 05/06/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

O câncer pode ser causado por fatores externos (substâncias químicas, radiação e vírus) e internos (hormônios, condições imunológicas e mutações genéticas). 

O câncer é causado por mutações, que são alterações da estrutura genética (DNA) das células. Cada célula sadia possui instruções de como devem crescer e se dividir. 

Os fatores causais podem agir em conjunto ou em sequência para iniciar ou promover o processo de formação do câncer.

Lilian Grace Bordem nasceu em perfeitas condições de saúde, mas em setembro de 2019 os médicos diagnosticaram uma anormalidade no seu cérebro.

A menina havia desenvolvido um tumor cancerígeno na medula espinhal, e foi submetida a tratamento quimioterápico.

Embora os médicos lhe dessem pouca expectativa de vida, seus pais sempre foram positivos e a acompanharam o tempo todo.

Com o passar do tempo, a menina começou a mostrar melhorias e três semanas depois os médicos confirmaram que o tumor havia desaparecido.

Os pais de Lilian não conseguiam acreditar que a garotinha finalmente havia se recuperado e ficaram muito agradecidos a todos os seus parentes, amigos e estranhos que os ajudaram financeiramente por meio de uma campanha do GoFundMe na qual eles compartilharam sua história.

Com apenas 4 meses de idade, Lilian venceu a batalha contra o câncer e seus pais o celebraram com a tradição de tocar a campainha no hospital onde ela foi tratada.

Sua mãe compartilhou esse momento incrível em suas redes sociais e o vídeo rapidamente se tornou viral. Uma salva de palmas para Lilian por sua coragem diante dessa terrível doença e por seus pais por não perder a fé!

O que alimenta o câncer?

Como regra, os alimentos que mais aumentam o risco de desenvolvimento de um tumor maligno são os industrializados.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar