Proibida de usar vestido de noiva por ser negra, idosa de 94 anos realiza sonho após 7 décadas

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 23/07/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Toda mulher sonha em um dia se casar. O casamento poderia se restringir no vestido de noiva e na cerimônia. Ao olhar para uma noiva repare que além do vestido branco ela também está vestida de sonhos.

Em um vestido de noiva é possível corrigir todos os defeitos; mas no revestimento da sua alma só Deus pode corrigr todas as imperfeições pela fé. O vestido da noiva era tão ousado no corte que até o padre ficou maravilhado com a escolha do modelo tão atrevido.

Foram quase 70 anos de espera para realizar o sonho que muitas mulheres tem, usar um belo vestido de noiva para a cerimônia de casamento. Infelizmente, esse sonho foi tirado de Martha Tucker em sua juventude e ela precisou esperar todo esse tempo.

O mais revoltante é o motivo que a impediu de realizar esse sonho quando era jovem. Ela foi proibida de vestir-se de noiva simplesmente por ser negra.

Agora aposentada, a idosa de 94 anos mora no Alabama (EUA), mesmo estado em que se casou em 1952, impedindo eles de frequentar os mesmos espaços que os brancos.

Naquele tempo, mulheres negras não podiam se vestir de branco em cerimônias civis.

Demorou quase sete décadas, mas Martha, enfim, realizou o sonho de sua juventude: foi até uma loja e comprou um vestido, que ficou simplesmente perfeito nela.

Nos anos 1950, não havia lojas de noiva para as mulheres negras. “Se você comprasse alguma coisa, precisava ir ao porão e pegar as coisas usadas”, disse Tucker à reportagem do jornal The Washington Post.

Martha e seu marido se casaram em uma cerimônia simples na sala de um pastor e o fato de não poder ter usado o vestido dos sonhos sempre a comoveu.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário