A comovente e triste história de Roberto Carlos: o Rei perdeu a filha 3 dias antes de seu aniversário

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 23/06/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Roberto Carlos Braga OMC (Cachoeiro de Itapemirim, 19 de abril de 1941) é um cantor, compositor e empresário brasileiro.

Conhecido no Brasil e na América Latina como "Rei", Roberto Carlos começou a sua carreira no início da década de 1960 sob influência do samba-canção e da bossa nova.

O cantor Roberto Carlos é certamente um dos maiores nomes da música brasileira, ele é chamado de Rei pelos brasileiros.

Ao longo de sua grande carreira, o cantor conquistou muitos admiradores em todo o país, que vem acompanhando sua trajetória.

O cantor está com 79 anos de idade, porém ainda segue com sua carreira apesar de ter diminuído suas aparições nos palcos.

Durante sua jornada no mundo da música, ele acabou sendo indicado e ganhou diversos prêmios tais como o Melhores do Ano, Troféu Internet e um Prêmio da Música Brasileira, além de Grammy Latino.

Quem o vê hoje em dia, muita das vezes não conseguem imaginar os grandes obstáculos que ele teve que vencer para chegar onde chegou, ele acabou sofrendo uma grande perda em sua vida.

No ano de 2011, o cantor e seus familiares acabaram passando por um momento de muita tristeza, pois perdeu uma das pessoas que mais amava no mundo: sua filha.

Ana Paula Braga era filha adotiva do cantor. Ela veio a falecer aos seus 47 anos de idade, no dia 16 de abril. A filha de Roberto veio a óbito após sofrer uma parada cardíaca.

Ela m0rreu nos braços de seu marido, o guitarrista Paulo Coelho Soares, que toca na banda do sogro. Segundo informações que foram dadas na época, a filha do cantor não tinha nenhum histórico de problemas cardíacos.

No momento em que recebeu a notícia da m0rte de sua filha, faltava apenas 3 dias para que Roberto completasse 70 anos de idade.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar