Enfermeira realizou sonho de mulher com câncer, doando o seu bebê; ela tinha o sonho de ser mãe

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 04/06/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Ser mãe é assumir de Deus o dom da criação, da doação e do amor incondicional. Ser mãe é encarnar a divindade na Terra. Ser mãe, é saber amar, dar carinho, dar atenção e educar, assim como tens feito para seus filhos.

O amor de mãe por seu filho é diferente de qualquer outra coisa no mundo. Ele não obedece lei ou piedade, ele ousa todas as coisas e extermina sem remorso tudo o que ficar em seu caminho.

Erica Gray achou que seus sonhos de se tornar mãe e viver a experiência da maternidade haviam acabado após ter passado por um tratamento para o câncer cervical.

Porém, uma pessoa totalmente desconhecida para ela, mudou a sua vida e conseguiu a ajudar a realizar o seu maior desejo. Ela conseguiu se tornar mãe, graças a bondade desta pessoa.

Gray tinha 27 anos quando recebeu a ligação de seu médico dizendo que ela tinha câncer cervical em estágio três.

Após uma consideração cuidadosa, Erica decidiu que uma histerectomia radical era seu melhor curso de ação. A cirurgia deixou ela livre do câncer, porém incapaz de suportar uma gravidez.

Contudo, quando estava na sala de cirurgia, uma enfermeira entrou no local e começou a falar sobre o quanto estava pensando em se tornar uma ‘barriga de alueguel.

Com isso, ela recebeu a ajuda de seu oncologista para ter contato com a enfermeira Kasia Birdwell que prontamente se ofereceu para carregar seu bebê.

O oncologista se sentiu feliz pelo o seu feito.

As duas jovens se deram bem instantaneamente e seguiram em frente com a barriga de aluguel. Elas ficaram conversando por cerca de três horas apenas na primeira vez e já combinaram todo o procedimento.

O filho de Erica chegou em março. Seu sonho de ser mãe agora é uma realidade. Seu bebê se chama Richard.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar