A inteligência artificial invadiu Tinder fingindo ser uma "mulher 10/10" e tentando roubar homens solitários: "robô ladrão"

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 11/02/2021 Relatar Quero comentar
 
Olá pessoal! 

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

O Tinder está usando a inteligência artificial como mais uma forma de evitar abusos e ampliar a segurança dos usuários da plataforma.

Um sistema de machine learning, já ativo em 11 países e falando nove idiomas, será capaz de detectar automaticamente quando uma conversa privada começar a seguir um caminho negativo e auxiliará os usuários a se protegerem por meio de bloqueios e sistemas de denúncias.

A plataforma de segurança estará constantemente fazendo a leitura das mensagens trocadas entre os usuários.

Ao sinal de problemas, o aplicativo exibirá uma mensagem perguntando se o usuário está incomodado com o que está acontecendo e, em caso positivo, será instruído sobre a possibilidade de reportar o match para que os sistemas de segurança do Tinder possam tomar atitudes, além de bloquear o contato para que a comunicação deixe de acontecer de forma imediata.

A plataforma de machine learning deve ser aplicada em todos os países nos quais a empresa atua.

Alex é um desenvolvedor de software solteiro com seus 20 e poucos anos, e decidiu usar o Tinder pra encontrar o amor de sua vida, quando apareceu uma morena que lhe agradou segundo a aparência, fazendo com que ele arrastasse a foto dela pra direita, sinalizando seu interesse.

Como ela fez a mesma coisa, um "match" foi formado, e uma janela para os dois conversarem foi aberta.

A morena, uma "10/10" pra Alex, gíria usada pra dizer que alguém tem todos os atributos perfeitos segundo os seus parâmetros, disse na conversa que "quebrou" um tempo atrás, ou seja, ficou sem grana.

"Pra ser honesta, eu só queria passar um tempo gostoso com alguém. Espero que eu não esteja no app errado".

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar